É bibliotecária, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) na FACC-CBG, no curso de Biblioteconomia e Gestão da Informação. Possui Mestrado em Educação pela Universidade Federal Fluminense (UFF, 2004).Escritora e contadora de histórias do Grupo Morandubetá. Especialista na área de Leitura. Ministra cursos e palestras na área de Leitura, Bibliotecas, Narração Oral e Literatura Infantil e Juvenil. Publicou mais de 30 livros, sendo alguns premiados e outros selecionados para compor os acervos de várias escolas do país. Integra o Grupo de Estudos em Literatura Infantil e Juvenil (GELIJ/CNPq) do Instituto Interdisciplinar de Leitura da PUC-Rio.

É mestre em Relações Étnicos Raciais CEFET/RJ, pedagoga e escritora de literatura infantil negro afetiva. Com mais de cinquenta livros publicados comemora com alegria seus vinte e cinco anos de carreira. Seu primeiro livro é o Menino Nito que tem como protagonista um menino negro e lindo. Já foi contemplada com vários selos de reconhecimento ao seu trabalho pela FNLIJ. Alguns de seus livros estão editados pelo mundo: França, Canadá, Estados Unidos, Itália, Angola, Galícia. Visita escolas pelo Brasil afora para conversar com professores, sobre leitura, formação de leitores, educação antirracista e efetivação da Lei 10.639/2003 (Lei que obriga a presença dos estudos afro brasileiros dentro dos currículos de todas as escolas brasileiras). A autora adora contar histórias para as crianças. No seu entendimento contar histórias é um ato de amor. Quem conta uma história abraça, costuma dizer. Ao longo de sua carreira recebeu como “os maiores presentes de sua vida”: nove bibliotecas escolares batizadas com seu nome. Sonia Rosa é consultora da temática racial, assunto que a mobiliza dentro e fora da escola, dentro e fora dos livros e que é tema central de suas palestras e encontro com leitores.

Nasceu em Niterói, RJ, em 1955. É mestre pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em Estudos Contemporâneos das Artes, professora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), graduada em Musicoterapia e Educação Artística, cantora, compositora, atriz e escritora. Entre 1973 e 1983 integrou o Quintal Teatro Infantil, onde realizou trabalhos de atriz, cantora e diretora musical de todos os espetáculos infantis do grupo. É uma das fundadoras do Bloco da Palhoça, grupo musical que mescla composições suas com uma profunda pesquisa de ritmos e gêneros musicais brasileiros. Na décadas de 1980 e 1990 realizou trabalhos para a televisão, entre os quais os programas Canta-Conto, Baleia Verde e Lá vem História, na TV Cultura de São Paulo e na TV Educativa do Rio de Janeiro, hoje TV Brasil. Ao longo de uma carreira dedicada às crianças e à arte, é autora de 14 livros infantis e gravou e produziu 10 CDs e 2 DVDs, sempre mesclando o canto e a narrativa. Dois de seus livros lançados pela Ed. Nova Fronteira intitulados “O Caraminguá” e “O Mundo dos Livros” (Prêmio Jabuti 2016) estão incluídos nos catálogos 2014 e 2016 da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil) para a Feira Internacional de Livros de Bolonha. Em mais de 35 anos dedicados ao público infantil, Bia construiu uma carreira de sucesso, participando ativamente da infância de várias gerações, educando, permeando sonhos e estimulando a criatividade de crianças do Brasil inteiro.

Nasceu em 16 de abril de 1959, na pequena cidade de Manhumirim, aos pés da Serra de Caparaô, Minas Gerais. Aos cinco anos mudou-se para o Rio de Janeiro, cidade que adotou como lar. É considerado autodidata, por aprender as coisas com extrema facilidade. Adquiriu o hábito da leitura aos seis anos. Iniciou sua carreira como escritor de roteiros para histórias em quadrinhos publicadas no Brasil e em outros países, como Portugal, Bélgica, França, Cuba e Estados Unidos. Já lançou mais de 150 títulos. Em 1988, recebeu o Prêmio Jabuti pela publicação de seu primeiro livro infantojuvenil: Saguairu. Dois anos mais tarde, escreveu roteiros para o programa Os Trapalhões, da TV Globo, além de algumas mininovelas para uma emissora de televisão do Paraguai. Em 1997, ganhou o Austrian Children Book Award, na Áustria, pela versão alemã do livro Crianças na escuridão (Kinder im Dulkern), e o Blue Cobra Award, no Swiss Institute for Children’s Book.

É ator, cenógrafo, figurinista, dramaturgo, arte-educador e contador de histórias. Nasceu em 1962, em Copacabana, no Rio de Janeiro, mas foi criado no bairro do Grajaú, onde cresceu ouvindo seus pais conversarem animadamente sobre literatura. Formado em Artes Cênicas pela Uni-Rio, desde 1993 dedica-se à arte de contar histórias, além de ministrar oficinas em escolas, universidades, museus e teatros em todo o país.

© 2020 Caravana da Leitura e do autor Fluminense. Todos os Direitos Reservados.

Contatos​

Vivian Cristina
Presidente da Prodarte
Email:
prodarte.cultura@gmail.com
Telefone: (21) 97033-1114

Raimundo Moreira
Coordenador Geral do projeto
Email: 
raimoreirac@gmail.com
Telefone: (85) 98852-6360

Assessoria de Imprensa
Emails: 
rosa@target.inf.br 
marcia@target.inf.br
leticia@target.inf.br
Telefones: (21) 98158-9692

Email Geral: contato@caravanadaleituraaf.com.br

Ficha Técnica:

Prodart – Produção Cultural
Raimundo Moreira – Coordenação Geral
Benita Prieto – Mediação e Consultoria Literária
Priscila Vieira – Produção
Luisla Carvalho – Produção
Levi Leonardo – Assistente de Produção
Gal Saldanha – Assistente de Produção
Klebson Alberto – Designer gráfico
Camarão Films – Produção audiovisual
Luisete Carvalho – Formação
Ciranda Mídia – Comunicação rede social
Target Assessoria de Comunicação – Assessoria de imprensa